Com a chegada do verão, devemos levar a cabo uma seleção de prioridades para sobreviver aos meses de calor. Entre elas encontra-se a alimentação. Seguir uma dieta fresca, variada e equilibrada irá ajudar a nos mantermos frescos. Os mais pequenos da casa não são uma exceção. Eles, mais do que ninguém, merecem um verão cheio de sabor e sem preocupações.

Gostariam de saber que alimentos são ideais para os bebés no verão? Então não percam este artigo. 

A alimentação nos recém-nascidos

Em idades tão jovens, o leite materno será suficiente para uma alimentação essencial para os dias de verão. Ele irá providenciar os nutrientes e a água necessária para se manter hidratado. Isto implica, portanto, que a mãe deve estar bem servida de líquidos.  

Ainda que o leite materno seja o melhor alimento para o bebé, também é válido utilizar leite de continuação. Neste caso, no entanto, devemos escolher aquele que mais se assemelha ao leite materno no que respeita aos seus componentes. O biberão irá encarregar-se de alimentar o bebé, e durante a época de veraneio, tem que ser sempre esterilizado, sobretudo quando estão fora de casa. O calor e a humidade favorecem a presença de germes que podem afetá-lo, podendo causar doenças estomacais, como a gastroenterite, ao bebé.

 

Provar novas experiências culinárias

Passo a passo, o nosso bebé irá ampliando a sua dieta alimentar. A partir dos seis meses, irá saborear novas comidas e irá prová-las em forma de puré como em pequenos bocados. E quais são exatamente os melhores alimentos?

 

  • Fruta da época: Não há nada mais refrescante que o sabor da fruta fresca. E podemos servi-la de muitas maneiras! Em pedaços pequenos, em iogurte, leite ou numa salada de frutas. Igualmente, devemos ter em conta que, numa idade tão jovem, devemos evitar determinadas frutas alergénicas típicas do período estival como o melão, o kiwi e o pêssego. A opinião do pediatra será decisiva para a ingestão deste tipo de frutas no verão.  
  • Verduras: Uma boa dose de verduras irá manter o bebé com energia. O seu alto teor de vitamina C e ácido fólico manterão a sua pele cuidada perante a ameaça solar e são ótimas para prevenir as defesas baixas e doenças futuras. No entanto, ao serem tão pequenos, os bebés têm que provar sabores suaves como o da cenoura ou os feijões. A batata e alho francês proporcionarão uma importante fonte de proteínas, e a abobrinha ou abóbora ficarão saborosas num delicioso puré!  
  • Peixe: É imprescindível oferecer ao bebé peixe pelo menos 3 vezes por semana, devido ao seu importante conteúdo de minerais, baixo nível calórico e vitamina B, ideal para o seu desenvolvimento mental. Deve-se começar pelos peixes brancos, pois são mais suaves e contêm menos gorduras. A pescada e o linguado são, entre outros, os preferidos pelos mais pequenos. 

Conselhos para levar a cabo uma rotina saudável

Agora que sabemos que pratos são ideais para o bebé, convém tomar nota de alguns conselhos para que a alimentação seja saudável e fácil durante a época estival. Vamos lá! 

  • Ainda que mude a estação do ano, os horários devem ser cumpridos o mais possível. Desta maneira temos a certeza de que o bebé mantém o seu apetite às horas indicadas. As refeições devem ser tranquilas e lentas, para que possa assimilar os alimentos e mastigar bem. 
  • O pequeno almoço é a refeição mais importante do dia. Certifiquem-se de que ele se alimenta como um rei com boas doses de frutas, cereais ou leite, dependendo da sua idade. 
  • Se vão comer fora, tenham cuidado. A Praia é um lugar paradisíaco, e uma tasquinha ou um barzinho é tentador. Mas os bebés devem evitar toda a comida que seja processada. Os fritos são indigestos e prejudiciais em tão terna idade. A sua comida? Preparada em casa e guardada numa mala térmica para manter a sua frescura. 
  • Antes de darem um mergulho na água, verifiquem o tempo da digestão. No mínimo serão necessárias duas horas para evitar problemas de estômago, como as paragens de digestão.

Add comment


Security code
Refresh