Blog

O período de amamentação é uma etapa importante, não só para a mãe, mas também para o bebé. O leite materno contém numerosos nutrientes que melhoram o sistema imunológico dos mais pequenos e, a longo prazo, a sua saúde: previne alergias, reduz o risco de padecer de obesidade, diminui a possibilidade de sofrer de problemas respiratórios…

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), recomenda-se que o bebé se alimente exclusivamente de leite materno durante os primeiros seis meses.

Os primeiros dias de setembro já chegaram. Com eles, começa a reta final do verão e, para muitos, chega o fim das férias. É hora de voltar à rotina e adaptarmo-nos, uma vez mais, à vida que tínhamos antes de junho/julho.

Acabam-se as férias. Terminam os horários flexíveis. Não temos tanto tempo para estar com os nossos bebés, com os quais aproveitámos cada minuto deste verão. E é possível que, por isso, nos sintamos tristes. A nossa especial “depressão pós-férias”.

Agora que o calor veio para ficar, é imprescindível que os nossos pequenitos tenham sempre uma boa hidratação, pois a necessidade que têm de água é bastante maior que a dos adultos.

O peso corporal de um lactante é 70% água. Por isso, ao terem mais que os adultos (50-60%), têm que tomar diariamente 10-15% do seu peso total de água, pois têm mais probabilidades de sofrer uma desidratação que vai ter consequências importantes na sua saúde.

O verão está de volta! E, com ele, chegam as férias. É tempo de desligar, de esquecermos a rotina, de disfrutar de divertidos jogos na praia e de dar grandes passeios aproveitando ao máximo o bom tempo.

Também é tempo de, sempre e quando for possível, fazer as malas e deixar a nossa casa durante uns dias para disfrutarmos de uma viagem com a nossa família.

Quando um bebé chega a casa, começamos a familiarizar-nos com ações quotidianas que, até então, eram desconhecidas. Algumas irão acompanhar-nos durante um curto período de tempo, como a limpeza do cordão umbilical. Outras, no entanto, continuarão durante mais tempo, até que chegará o momento em que não nos recordaremos de quando tudo começou.

Quando o nosso bebé nasce, chegam as dúvidas e inseguranças, pois nem sempre sabemos como devemos atuar para que tudo corra da melhor maneira possível. É uma situação muito comum, e temos que pensar que, assim como nós, muitos outros pais viveram esta situação… e saíram-se bem.

A higiene dos dentes dos mais pequenos é fundamental para que cresçam fortes e saudáveis. Ainda que ao principio não os consigamos ver, aparecem nas gengivas muito cedo – sim, esses famosos aborrecimentos que fazem com que chorem desde muito pequenos –, por isso, para criar o hábito, podemos começar a lavá-los mesmo antes de se manifestarem. Como? Com uma gaze humedecida com água, duas vezes ao dia, no final da primeira toma do dia e mesmo antes de os pormos a dormir à noite.

Um bebé recém-nascido é sempre motivo de alegria. Chega ao lar com a sua inocência e com a sua forma de descobrir o mundo. Para eles, é muito importante que, desde o seu primeiro choro ao nascer, conte com o melhor dos cuidados. Desta forma, poderá enfrentar o mundo forte e saudável.

A noticia de uma gravidez é, na maior parte das ocasiões, motivo de alegria, mas também de incerteza. Com um percurso de nove meses pela frente, as grávidas podem chegar a sentir emoções diferentes que nem sempre sabem controlar. María José Domínguez, psicóloga especialista em questões sobre a gravidez, afirma que a mulher enfrenta um acumular de sentimentos e, em algumas ocasiões, podem reaparecer problemas do passado.

Uma das principais preocupações dos pais é a alimentação do bebé.

Surgem muitas dúvidas e inquietações à volta deste tema: Estamos a alimenta-lo bem?, fica com fome?, está a beber a quantidade suficiente de leite?

Em primeiro lugar, o devemos ter em conta, é que não existe uma regra exata que sirva para todos os bebés. Cada bebé tem necessidades diferentes e um ritmo distinto de alimentação e é o pediatra que nos deve aconselhar neste sentido.