Perguntas Frequentes

Há quanto tempo existe a fórmula de leite de cabra?

A fórmula de leite de cabra elaborada com leite de cabra inteiro foi utilizada pela primeira vez na Austrália e Nova Zelândia há quase 30 anos.

Podemos misturar a fórmula Capricare® com fórmula de vaca?

Qualquer fórmula está concebida para proporcionar quantidades específicas de nutrientes por cada colher. Ao misturarmos diferentes fórmulas, corre-se o risco, a longo prazo, de fazer uma alimentação concentrada que cause mal-estar ao bebé ou um desequilíbrio nos nutrientes. Podemos misturar a fórmula durante um breve período (3-7 dias), na transição do leite de vaca para Capricare®, por exemplo.

Também é melhor não mudar entre dois tipos de fórmulas diferentes com demasiada frequência, já que o bebé pode sofrer mal-estar no estômago.

Como devemos mudar do leite de vaca para Capricare®?

A melhor forma é substituindo gradualmente uma fórmula por outra durante 3-7 dias. Comece por substituir uma colher de fórmula de leite de vaca por uma de Capricare® ao preparar o biberão. Depois de 1 ou 2 dias, substitua uma segunda colher por outra da Capricare®, até que finalmente todas as colheres sejam da fórmula Capricare®.

Após cada mudança, verifique as reações do bebé. Se o bebé mostrar alguma reação negativa, por exemplo, uma rejeição ou regurgitação, é possível que tenha de fazer as mudanças durante um período de tempo mais longo.

Quanto aos níveis de ácido fólico e de ferro?

As vitaminas e minerais, como o ácido fólico, as vitaminas B12, C, D, E e o ferro, estão presentes na fórmula Capricare® em quantidades adequadas para proporcionar as doses necessárias para os bebés dos 6 aos 12 meses*.

E quanto ao cheiro do leite de cabra?

O nosso leite provém de cabras bem alimentadas que se criam em condições saudáveis. E o leite é tratado com cuidado em cada fase do processo de colheita e produção. Isto permite que a nossa fórmula tenha um sabor e odor agradáveis.

Como são criadas as cabras na Nova Zelândia?

Na Nova Zelândia, as cabras estão protegidas em estábulos com os lados abertos que permitem a exposição à luz natural e ao ar fresco. Proporciona-se espaço para permitir que as cabras se possam mexer ou deitar-se livremente. As cabras têm acesso livre à sua comida.

O que comem as cabras na Nova Zelândia?

Na Nova Zelândia, o leite de cabra é produzido a partir de cabras alimentadas com plantas gramíneas cultivadas localmente: trevo, alfalfa, feno, silagem ou pasto. As cabras em período de amamentação também recebem alguns suplementos contendo cereais, como milho, cevada ou aveia, para proporcionar mais energia e proteína. A informação sobre os alimentos fornecidos às cabras em explorações da DGC é avaliada para assegurar a compatibilidade com a produção de produtos elaborados com leite de cabra de alta qualidade.

Os criadores de gado utilizam antibióticos na Nova Zelândia?

A utilização de qualquer medicamento, incluindo os antibióticos, está muito regulamentada na Nova Zelândia. Utilizam-se antibióticos nalgumas circunstâncias excecionais para tratar infeções. Nestes casos, todo o leite colhido durante o período de tratamento e vários dias depois do tratamento é descartado. A DGC faz um teste de rotina ao leite para cada entrega com vista a assegurar que esteja livre de resíduos de antibióticos.

Onde mais se pode encontrar produtos elaborados a partir do leite de cabra?

A nossa fórmula de leite de cabra está disponível em 20 países de todo o mundo. Chama-se Capricare® ou é conhecida por outros nomes segundo o país, como, por exemplo, Karihome, Golden Goat ou Nanny.